Sorriso recebe a quinta etapa do Brasileiro de MX

Os preparativos para a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross em Mato Grosso entraram na fase final.

A prova está marcada para o sábado – 30 de junho e o domingo – 1º de julho, no motódromo Vale do Teles Pires em Sorriso, município a 420 quilômetros de Cuiabá.

Uma novidade para 2012 é um túnel de concreto. A antiga estrutura de madeira foi substituída por outra de concreto, dando mais visibilidade ao obstáculo.

– O túnel é uma marca da pista e sem dúvida, sendo mais moderno vai agradar mais, disse o presidente da FMMT, Nelson Campos.

Para esta edição do Brasileiro, a pista de Sorriso também ganhou um pódio novo, modelo oficial da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

A prova colocará frente a frente os melhores pilotos do país em disputas de tirar o fôlego em seis categorias: 65cc, 150cc e 180cc, MX1, MX2 e MX3.

Na MX1, os gringos Carlos Campano e Adam Chatfield estão na ponta da classificação, da principal categoria, a MX1.

Após as quatro primeiras etapas a dupla está sendo vigiada de perto pelo paranaense Leandro Silva e o goiano Wellington Garcia.

O espanhol Campano é o líder com 169 pontos, quatro a mais que o inglês Adam Chatfield, com 165.

Dependendo da posição dos pilotos estrangeiros nesta 5ª etapa, os pilotos brasileiros podem chegar à ponta.

Para isso basta que Leandro seja o vencedor da prova e que Campano não consiga mais que um 18º lugar.

E ainda que Chatfield conquiste no máximo a 14ª colocação. Ou até mesmo que o curitibano fique em segundo e os demais adversários gringos não marquem pontos.

– Tenho que caprichar, afinal a chance é real, estou bem na parte física pois é o que mais conta nesta prova, comentou Leandro.

Na MX2, o piloto paulista Dudu Lima se considera praticamente 100% recuperado.

– Não existe mais lesão, agora tenho que criar força na perna e ganhar confiança, comentou o vice-líder do campeonato.

Hector Assunção é o líder com 42 pontos de vantagem.

Na MX3, O piloto catarinense, Miton Becker, mais conhecido como Chumbinho, tentará correr no esforço.

Chumbinho sofreu uma fratura em sua mão esquerda durante uma queda nos treinos cronometrados no dia 09 de junho, na etapa do Brasileiro em Nova Alvorada do Sul, em Mato Grosso do Sul.

A lesão deixou o líder da categoria MX3 de fora da prova, assim deixando os adversários aproximarem, a diferença é de apenas 4 pontos na classificação.

– Vou tentar correr a prova e ver o que acontece, dependendo do resultado, se não for entre os dez primeiros, penso em talvez não correr as demais etapas, os adversários podem abrir muito a frente e as próximas provas são longes e fora do eixo”, comentou Becker.

Na 65cc, Thui Todeschini e Leo Cassarotti estão separados por cinco pontos, na 150cc, Fábio Santos e Enzo Lopes também estão separados por cinco pontos, as disputas nas duas class serão acirradas.

Na 180, Guga Pessoa domina, tem 33 pontos de vantagem.

Para os mato-grossenses, a novidade será a categoria “Mato Grosso”, voltada exclusivamente aos competidores do Estado.

Motocross das Nações

Ao fim das baterias das categorias MX1 e MX2, a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) irá convocar os quatro pilotos brasileiros para integrarem a equipe que participará da 66º edição do Motocross das Nações, que irá ser realizada nos dias 29 e 30 de setembro, na pista de Lommel, cidade localizada a 100km de Bruxelas, na Bélgica.

João Paulinho Marronzinho, fará falta na vida de todos os apaixonados por MX | Foto:Divulgação Rinaldi

Veja mais:

S2 Sports

Talvan Teixeira | editor

Deixe uma resposta

Fale com a S2 Sports pelo WahtsApp