Campano e Paulo Alberto vencem, Enzo é campeão

Confira o resultado das corridas da sexta etapa do BRMX, que aconteceu neste domingo em Paty dos Alferes (RJ).

Carlos Campano (MX1) e Paulo Alberto (MX2) venceram a sexta rodada do campeonato. Enzo Lopes também venceu na Junior e se sagrou campeão por antecipação.

Resultado e resumo das corridas

MX1 | Campano voltou

Carlos Campano volta a vencer | Foto - Kelson Rene

O espanhol Carlos Campano voltou a dar as cartas, venceu duas vezes e saiu de quinto na pontuação para segundo.

paty_prova_mx1-soma-ok

1ª Bateria

Durante a primeira bateria, a briga pela primeira posição foi entre o equatoriano Jetro Salazar que largou bem, assumindo a ponta e o espanhol Carlos Campano. Nenhum dos dois conseguiu desgarrar muito. Até que, Campano assume a liderança e administra a ponta até o final, garantindo os 25 pontos nessa bateria. Jetro, chega em segundo, depois de uma boa disputa.

Na terceira posição terminou Jean Ramos. O piloto estava em quinto e conseguiu uma posição melhor ao ultrapassar o americano Adam Chatfield e Wellington Garcia, proporcionando dois bons momentos para quem esteve presente.

Adam terminou em quarto nessa bateria, seguido de Jorge Balbi Jr, que começou a mostrar que ia dar trabalho.

2ª Bateria

Balbi Jr, que mostrou estar disposto a deixar a disputa mais equilibrada, começou bem a segunda bateria. Campano largou na frente, seguido de Balbi Jr durante toda a prova. O Brasileiro não deixou o espanhol abrir vantagem, disposto a mostrar que estava na briga pela primeira colocação dessa bateria.

No final, Balbi acelerou o que pôde, diminuindo a diferença para Campano. Na última volta, os dois ficam muito próximos, mas o espanhol controlou bem e garantiu a segunda vitória do dia. O brasileiro chegou em segundo. “A pista ficou complicada por causa da chuva, ficou pesada. Não consegui ir bem nos treinos, mas conseguiu fazer boas baterias. O campeonato está difícil, o Jetro tem errado pouco e merece estar na liderança, mas a minha meta é sempre brigar pelo pódio nas próximas etapas e esperar o resultado”, afirma Campano.

Estreante, o americano Aaron Blake faz uma boa primeira volta e começou na terceira posição. Ele não se sustentou até o final, sendo ultrapassado pelo líder do Campeonato, Jetro Salazar e Jean Ramos, terminando em 5º.

Jean foi em busca do terceiro lugar. Ele que na primeira volta estava em sétimo, foi buscando as posições. Na primeira grande disputa, passou o americano, começando a perseguição a Jetro Salazar. Uma melhor colocação que o líder nessa bateria diminuiria a diferença dele para ponta do Campeonato. Em uma manobra incrível, Jean ultrapassou Jetro no salto próximo ao público, deixando o povo animado com a disputa na pista. Jean então assumiu a terceira posição e seguiu administrando até o final. Jetro, chegou em quarto.


paty_prova_mx1-2-ok

Junior | Enzo Lopes Campeão

Podio da Junior | Foto - Kelson Rene

O gaúcho Enzo Lopes já entrou na pista pensando em vitória antecipada do Campeonato, já que a diferença para o segundo colocado era de 39 pontos.  O piloto não largou bem, quem fez o holeshot foi Renan Goto. Mas, logo na segunda volta, Renan cai e Enzo assume a ponta. Aos sete minutos de disputa, Frederico Spagnol vai para cima de Renan, que cai novamente, e acaba perdendo a posição.

A briga pela segunda posição ficou boa. Renato Costa pressionou Frederico e o ultrapassou, mas o piloto deu o troco.

Enzo Lopes cai três vezes durante a prova, mas não perdeu nenhuma posição, garantindo assim a primeira colocação da etapa e ainda a vitória antecipada do Brasileiro na categoria. O gaúcho é bi campeão na Junior. “Eu fiquei muito feliz com o resultado, vencer antecipadamente é muito bom. Tive umas quedas, mas consegui subir rápido na moto e não perdi posições. Agora é focar em outra categoria, já que ano que ano que vem participo apenas da MX2”, ressalta Enzo.

MX2 | Paulo Alberto e diminui diferença para o líder Thales Vilardi

Pódio MX2 | Foto - Kelson Rene

A categoria MX2 foi marcada por boas ultrapassagens, tanto na primeira quanto na segunda bateria da 6ª etapa do Brasileiro de Motocross, em Paty do Alferes (RJ). A diferença entre o primeiro, Thales Vilardi e segundo colocado, Paulo Alberto, era de apenas quatro pontos, e após esta etapa, ficou ainda menor.

“Eu fiz duas boas provas e me aproximei mais do Thales. As próximas provas com certeza serão ainda mais acirradas. Não vim para ficar em segundo no Campeonato”, ressalta o português.

Thales segue na liderança, com dois pontos de vantagem e também pretende garantir o título. “Na primeira bateria não larguei bem, já na segunda me concentrei mais. O Paulo atacou muito, mas consegui chegar à frente. Eu quero e ele também quer vencer o Campeonato, então vou continuar com meu foco”, destaca Thales.

paty_prova_mx2-soma

1ª bateria

Na largada teve uma grande confusão de queda de pilotos, Hector Assunção e Paulo Alberto estavam no meio. Anderson Amaral largou na ponta, seguido de Anderson Cidade, Thales Vilardi e Enzo Lopes. Antes mesmo da primeira volta Anderson Cidade teve problemas com a moto e perdeu muitas posições.

Thales Vilardi caiu aos quatro minutos de prova, mas ainda voltou em segundo. Quem aproveitou foi Pepê Bueno, que pressionou Thales até conseguir a segunda posição. Aos 15 minutos, Thales dá o troco.

Logo em seguida Paulo Alberto que fez uma prova de recuperação se aproxima de Pepê Bueno e aos 19 minutos passa o piloto e assume a terceira posição.

Os três primeiros travaram uma grande briga, até que Thales passa Anderson Amaral, e o português também faz o mesmo. A partir daí a disputa ficou entre Thales e Paulo. O português foi mais rápido e assumiu a ponta.

Faltando dois minutos para acabar a prova, Hector que também fez uma prova de recuperação, surge e vai para cima de Thales, ultrapassando o piloto a alguns metros da chegada.

paty_prova_mx2-1

2ª bateria

Thales Vilardi saiu na frente e na sequencia estavam Anderson Cidade, Anderson Amaral, Paulo Alberto e Pepê Bueno. Paulo acelerou e aos cinco minutos já era o segundo na disputa. O português alcançou Thales e os dois fizeram uma bela disputa. Faltando quatro minutos para encerrar a prova, Paulo aperta e os dois chegaram a ficar lado a lado na disputa, mas Paulo caiu no salto, e Thales garantiu a vitória da bateria.

paty_prova_mx2-2

paty_prova_mx2-soma

Veja mais:

S2 Sports

Talvan Teixeira | editor

Fale com a S2 Sports pelo WahtsApp