Como emagrecer com jejum intermitente

Uma técnica que vem ganhando um número cada vez maior de adeptos é o jejum intermitente e consiste em alternar horários em que a alimentação é permitida, com horários em que não se deve comer.

Segundo especialistas, a ideia de que é preciso se alimentar a cada 3 horas para perder peso é muito atrasada e faz com que o organismo desaprenda como deve fazer para perder gordura.

Então, se você está interessado e quer saber como emagrecer com jejum intermitente, continue lendo que vamos conhecer algumas ótimas dicas sobre essa técnica.

O jeito errado de fazer jejum

A primeira coisa é entender que o jejum não é uma dieta de momento e sim um processo de reeducação alimentar que possibilita conseguir resultados eficazes e com rapidez.

É fato que atualmente a alimentação é muito baseada em industrializados, com muitos carboidratos, alto índice glicêmico, sódio e gorduras.

Portando, o primeiro passo é trocar essas substâncias por comida de verdade e evitar exageros, o Keto Boost funciona para ajudar neste propósito.

Jejum intermitente causa prejuízos a longo prazo?

Embora tenhamos evoluído muito, a verdade é que atualmente ainda não somos tão diferentes dos nossos ancestrais de 20 mil anos atrás, que viviam da caça. Portanto, a fisiologia humana pode muito bem suportar períodos de jejum, pois a natureza compreende que é preciso gastar energia para ir atrás de mais alimentos.

Como começar o jejum intermitente?

O primeiro passo é procurar um bom nutricionista, que possa ajudar e orientar você muito bem nesse processo. Em relação à países mais desenvolvidos, ainda estamos um pouco atrasados, mas existem ótimos profissionais que ajudam a seguir esse caminho.

Qualquer pessoa pode fazer jejum intermitente?

Primeiramente, saiba que o jejum não é recomendado para crianças, visto que suas necessidades nutricionais são distintas, precisando de mais calorias para os eu desenvolvimento. Um bebê dobra de tamanho em apenas um ano de vida.

Mais do que isso, ele também não é indicado para atletas de alta performance pois a necessidade calórica deles também é muito alta para que se possa ter um bom desenvolvimento muscular, requerendo maior índice de gorduras e proteínas.

Diabéticos também precisam de cuidado com esse tipo de alimentação, pois o uso de remédios para diminuir a glicose pode levar a uma queda muito grande durante os períodos de jejum.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o jejum intermitente, como funciona e como pode ajudar você a emagrecer de verdade.

Close